Estamos nas Redes Sociais
FILIADO
O texto abaixo foi extraído de atas de reuniões e assembleias do SINPROVERN, caso exista interesse na história da entidade, todos os documentos estão à disposição da categoria.

O desejo de melhoras nas condições de trabalho e na qualidade de vida para a classe dos propagandistas fez com que um grupo de abnegados propagandistas como os Srs. João Dinarte Patriota, Alulcide Vasconcelos, José Gomes Bezerra, Nedil Oliveira, entre outros idealistas, resolvesse fundar, no início dos anos sessenta, a associação dos propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos do Rio Grande do Norte. O Sr. João Dinarte Patriota foi aclamado, à época, presidente. Essa associação foi a precursora do sindicato atual que teve sua fundação em 19/01/62 e como primeiro presidente o Sr. Alulcide Vasconcelos. O país atravessava momentos de turbulência e intranquilidade, frutos da ditadura militar instaurada em 1964, criando um situação de instabilidade em toda a sociedade Brasileira, privando-a do seu bem mais precioso, a liberdade de expressão. Dessa forma, o Sr. Alulcide Vasconcelos foi obrigado a renunciar ao cargo, assumindo o vice Sr. José Gomes Bezerra, que posteriormente foi impedido de exercer suas atividades em virtude do ato institucional nº 05 de 1968, que ordenava a inativação de todos os sindicatos. Foram duas décadas sem representatividade sindical, mas nesse ínterim, foi criado o clube recreativo dos viajantes do Rio Grande do Norte, mantendo acesa a chama da unificação da categoria, a qual o regime ditatorial tanto procurou desestabilizar. Em 01/07/87, após muitas dificuldades e lutas, ocorreu a reabertura do sindicato através de uma assembleia extraordinária, sendo na oportunidade instaurada uma junta governativa encabeçada pelos companheiros GERALDO DE FREITAS, LUZIMAR LEITE DE OLIVEIRA E JOÃO HIRAM GADELHA PESSOA. Foi determinado através de portaria pelo DRT prazo de 120 dias para a convocação de eleição, oficializando assim a reabertura do sindicato. Dessa forma, em 07/11/87, no sindicato dos comerciários, foi eleita e empossada a nova diretoria. O início das atividades foi caracterizado por inúmeras dificuldades, exigindo o sacrifício redobrado da diretoria então eleita. O funcionamento inicial do sindicato se deu em vários endereços, até o aluguel de uma sala como sede à av. Prudente de Moraes nº 1499. Apesar dessas dificuldades, especialmente financeiras, o sindicato expandiu a sua representatividade se estendendo para a categoria de empregados vendedores e viajantes do comércio, e após assembleia geral extraordinária de 05/08/88, passou a representar duas categorias, a de vendedores viajantes regidos pela lei 3.207/57, e a de propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos regidos pela lei 6.224/75 que, passou a denominar-se "Sindicato dos empregados vendedores e viajantes do comércio, propagandistas, propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos do Rio Grande do Norte¨. Os caminhos percorridos foram extremamente difíceis, as dificuldades foram muitas, mas o sindicato conseguiu nascer e sobreviver, graças a abnegação, a luta, ao suor e aos ideais desses verdadeiros desbravadores, que merecem toda a nossa eterna gratidão, servindo de exemplo para aqueles que agora iniciam uma escalada profissional. Outro momento de luta do sindicato foi sob a Presidência do Sr. Moacir Machado da Cunha, cujo trabalho e desprendimento conseguiu fazer do SINPROVERN, um sindicato cada vez mais forte. Nesta época  ocorreu a aquisição da sede própria, com toda a estrutura necessária para bem servir a todos os companheiros, até a aquisição de uma área com aproximadamente 30.000 metros quadrados, que tornou-se a sede campestre do SINPROVERN. Além disso, o sindicato desenvolveu o Projeto Social FORÇA DO AMANHÃ que teve como idealizador o diretor Roger Cecílio e a coordenação dos diretores Marcio Amaral e Ricardo Lucena, que acolheu mais 300 jovens de escolas públicas oferecendo curso de aperfeiçoamento em técnicas de vendas. Em 2007 foi criado outro sindicato de propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos na cidade de Natal. Sandro de Oliveira Moura assume a presidência em meio a conflitos de representação do sindicato. No mesmo ano, com muita habilidade, soluciona a questão de representação territorial. Já em 2008 o SINPROVERN promove reforma estatutária e deixa de representar a categoria dos vendedores viajantes regidos pela lei 3.2007/57 que representa todos os vendedores de qualquer produto. O SINPROVERN passa a representar apenas os propagandistas e vendedores de produtos farmacêuticos regidos pela lei 6.224/75 que, passou a denominar-se "Sindicato dos empregados propagandistas, propagandistas-vendedores e vendedores de produtos farmacêuticos do Rio Grande do Norte¨, mudanças necessárias para as circunstâncias sindicais da época. Roger Cecílio assumiu a presidência do SINPROVERN em dezembro de 2010, com reformas na administração da entidade e preocupado com a saúde financeira do sindicato, a administração realizou estudos para minimizar custos. A fonte de receita do sindicato sempre foi a Contribuição Sindical e a doação mensal realizada pelos diretores, haja vista que a categoria por cultura não contribui com a Contribuição Associativa, assim, com a criação de outro sindicato e, por deixar de representar a categoria dos vendedores viajantes a receita que advinha da Contribuição Sindical diminui sensivelmente, reduzindo em torno de 85% do que se recebia. O valor recebido de Contribuição Sindical anual passou assegurar apenas o pagamento de um funcionário do sindicato durante 12 (doze) meses. O sindicato começou a utilizar suas reservas para manter a estrutura: sede social, sede campestre e funcionários. Em assembleia geral ficou decidido a venda da sede campestre. O dinheiro recebido pela venda da sede campestre foi depositado em conta poupança e consignado em ata da assembleia que só poderia ser utilizado com a convocação de outra assembleia para fins específicos. O SINPROVERN passou a funcionar sem funcionários e com a presença local dos seus diretores por meios de plantões diários. Com várias medidas foi possível equilibrar as finanças do SINPROVERN. No final de 2013 o Sr. Ricardo Luiz de Lucena é empossado como Presidente do SINPROVERN, seu mandato foi marcado pelas atividades do SINPROVERN no interior do estado do RN, mantendo a sede social em Parnamirim-RN e criando duas delegacias sindicais, uma em Mossoró que contou com a administração do delegado  João Thomas Netto, e outra em Caicó com a administração do delegado Nelson Costa de Carvalho Neto, para melhor atender a categoria; como também, estimulou palestras sobre os mais variados temas para categoria. O atual presidente, Aldenaro Galhardo Costa Gomes da Silva, assumiu em dezembro de 2016 e os projetos para sua administração com a nova diretoria será a de valorização da categoria dos Propagandistas e Vendedores de Produtos Farmacêuticos junto a população e profissionais de saúde do Estado do Rio Grande Norte.  Entre outras vitórias conseguidas ao longo dessa trajetória. Entretanto, a maior vitória do SINPROVERN, é a união entre todos os companheiros pertencentes a categoria, prenúncio de um futuro cada vez melhor para todos nós trabalhadores, depende apenas de nós.
Av. Maria Lacerda Montenegro, 3490 - Sala 202, Nova Parnamirim / Parnamirim / RN -  CEP 59152-600  Tel/Fax: 84 3211-9370
Email: [email protected]                     www.twitter.com/sinprovern



Fundado desde 19 de Janeiro de 1962.
SINDICATO DOS EMPREGADOS PROPAGANDISTAS, PROPAGANDISTAS VENDEDORES E VENDEDORES DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS NO ESTADO DO
RIO GRANDE DO NORTE - SINPROVERN